Projeto

A vulva política é um projeto que multiplica saberes sobre vulvas, úteros, ciclos menstruais, sinais de fertilidade e prazeres como ato político por meio da narrativa. O conteúdo do projeto é vivencial, autoral e envolve o acreditar de que o conhecimento é poder e que nos liberta. Tendo em mente que o nosso corpo tanto físico quanto mental e emocional é o nosso instrumento para a transformação sócio-econômica-política nesse mundo, o projeto busca fornecer ferramentas que impulsionem a busca por conhecimento e autoconhecimento para que mulheres e meninas, principalmente, vivam uma vida plena e feliz com seus corpos e se tornem cada vez mais autônomas e responsáveis pela própria vida.

A vulva política luta por direitos sexuais e reprodutivos entendido aqui como direitos humanos. Por justiça reprodutiva, social e ambiental. Demandemos! Sigamos!

Sobre mim: Sou a Beatriz Sabô e tenho 25 anos. Feminista e vegana. Sou cientista política de formação, mestranda em bioética e estudo direitos sexuais e reprodutivos atrelado a ginecologia autônoma e natural desde 2015. Em 2017 iniciei a Vulva Política no Instagram – Minha principal rede buscando compartilhar o que venho descobrindo, experimentando e estudando.

Busco impulsionar o adentrar no caminho do autoconhecimento que como o nome diz, é muito pessoal, particular mas o caminho não deve e nem precisa ser solitário. Estar em comunidade é de uma força revolucionária. Eu sinto a potência na multiplicação!

Blog no WordPress.com.

Acima ↑