128 |Dia das bruxas

Participei de uma meditação guiada voltada ao dia das bruxas e me mantive em estado de reflexão
.
Há um tempo que a minha intuição vem se aguçando cada vez mais. Tenho sonhos lúcidos, escuto conselhos cochichados. Minha infância vem à tona
.
Eu fui uma criança que estava sempre falando de injustiças, querendo mudar o mundo e com uma imaginação fortíssima. Criava outros mundos e também criava poções com plantinhas e terras do quintal em lua cheia
.
Se eu sabia o que estava fazendo? Talvez não. Mas eu fazia e coloca uma intenção fortíssima
.
Na adolescência eu perdi tudo isso. Olho para trás e me vejo em estado de passividade, calada. Individualista e cética
.
Eu voltei a ter voz em 2014 com a minha entrada no movimento estudantil, no movimento feminista. Comecei a estudar teorias anticapitalistas e mudei minha forma de enxergar o mundo
.
Quando eu penso em bruxas, eu penso em mulheres livres, autônomas quanto ao próprio prazer e reprodução, com conhecimento dos poderes das plantas. Parteiras, enfermeiras, curandeiras. Vejo essas mulheres dançando, sorrindo, de mãos dadas
.
Mas vejo também essas mesmas mulheres resistindo a construção de uma exploração capitalista. Mulheres que foram resistência a um regime patriarcal. O livro ‘Calibã e a bruxa’ da Silvia Federici me deu a politização, a narrativa não hegemônica que eu precisava
.
Eu me identifico com as bruxas como mulher ativista e como mulher medicina. Uma fortalece a outra. Uma acolhe a outra
.
Tiro forças para lutar, para enfrentar mas também para rir, dançar. Voltar a ser a criança questionadora e curiosa
.
Estar conectada com a natureza, ter começado a me alimentar a base de plantas, utilizar de plantas medicinas, conhecer meu corpo me faz sentir cada vez mais feliz e livre, revolucionou minha vida
.
Mas revolucionar o mundo é preciso. Esse ano volto a me organizar coletivamente. Deixar florir a minha bruxa que busca transformação política-social com a força das companheiras de luta
.
Hoje nesse último quarto lunar acordei com a força do sangue menstrual. Intuitiva e com vontade de agir
.
Desejo acolhimento e força às minhas irmãs bruxas 🔮 Sempre estivemos juntas!
.
Arte: @tincanforest

Veja a postagem no Instagram clicando aqui

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: