Somos cíclicas: Conheça seu ciclo menstrual

Nós somos cíclicas!

Nossa natureza é cíclica assim como as fases da lua, as estações do ano.

Mandala Lunar

Minha 3ª Lunação colorida na Mandala Lunar

E por que é importante sabermos dessa nossa ciclicidade? Porque em cada semana do mês podemos estar de um jeitinho totalmente diferente! Eu sou 4 mulheres em 1, pode ter certeza.

Reconhecer as mudanças de humor, sinais, vontades, prazeres diante das mudanças hormonais é importantíssimo para o autoconhecimento e auxilia muito a sermos mais respeitosas com nós mesmas.

Tem dias que não estamos tão produzidas ou sorridentes ou animadas… e está tudo bem! Tem dias que a raiva vem numa vontade… e está tudo bem!

Por aqui eu tento ao máximo sempre avisar as pessoas que eu amo quando não estou em dia bom do meu ciclo… Evita muitos atritos, paranoias e afins por coisas muito bobas! Que se tivesse acontecido em outro dia talvez eu nem tivesse ligado, sabe?

O autoconhecimento pelo ciclo menstrual vem para te auxiliar a passar por esses dias e todos os outros da melhor forma possível! Mas falarei melhor sobre isso em um próximo texto!

Mas pensemos: Passaremos a maior parte da nossa vida menstruando… Não seria melhor compreendermos esse processo do que condená-lo?

O de hoje é sobre o funcionamento do ciclo menstrual e corrigir algumas informações um tanto equivocadas que nos foram passadas ao longo da vida. Vamos lá?

Lembrando apenas que tudo o que eu descrever nos próximos momentos é referente a um ciclo menstrual natural, ou seja, sem o uso de hormônios artificiais (pílulas, implantes, diu ou qualquer outro método contraceptivo hormonal). Hormônios artificiais não regularizam o ciclo menstrual mas sim o torna inexistente.


O primeiro dia que marcamos para começar a rastrear e compreender o nosso ciclo menstrual é o primeiro dia de menstruação! E menstruação pra mim e para as autoras que me baseio é aquele sangue mesmo, nada de borra de café porque nos dá a certeza de que é menstruação de verdade MAS soube que a Medicina convencional e outras profissionais trazem o começo pelo menor sinal, pela borra de café.

Não tem problema e não trará diferença. Quando você se sente menstruada? Comece a marcar nesse dia e siga esse padrão sempre!

Aqui vale a pena falar que a menstruação é o período menstrual. Ciclo menstrual é o todo.

Assim começa a fase chamada folicular, a pré ovulatória. Essa fase tem duração muito variada! Inúmeros fatores internos e externos podem fazer com que ela tenha mais ou menos dias como por exemplo: emocional, alimentação… Varia de útero para útero e também pode variar de ciclo para ciclo!

Então corrigindo a primeira informação difundida por aí: Não! Não necessariamente a sua ovulação virá no 14º do seu ciclo menstrual. Essa informação é importantíssima porque tabelinhas e aplicativos funcionam dessa forma matemática e nos levam ao erro!

Podendo ser a causa de uma gravidez não planejada ou ainda o motivo de não estar conseguindo engravidar!

A fase folicular (pré-ovulatória) é variável. Não tem uma duração fixa.

Se faz necessário observar sinais que o corpo nos manda como o muco, a textura e altura do colo do útero, a temperatura, lembram? Já falei sobre o Método de Percepção de Fertilidade por aqui, sobre o muco cervical e colo do útero também e recomendo muito a leitura desses 3 textos antes da leitura deste! Acredito que muitas coisas farão sentido.

O modelo de 28 dias com a ovulação na 14º dia é isso, um modelo. Uma forma de compreender como se dá o ciclo menstrual. Não quer dizer que todas nós funcionemos assim e também não quer dizer que tenha algo errado se tivermos ciclos maiores ou menores.

Além disso, não somos robôs. Nosso ciclo menstrual pode variar quanto a duração de dias entre um e outro. Um ciclo ser de 29 dias e o outro ser de 34. E sabe o que isso significa? Que temos um ciclo regular!

Ciclos saudáveis e regulares duram de 24 a 35 dias e a duração entre um ciclo e outro é regular é menor do que 20 dias.

As vezes passamos por um estresse e a ovulação atrasa, afinal, pelo momento estressante, não era uma boa hora então o ciclo fica maior que o anterior e está tudo bem! Nosso corpo é inteligente e sabe o que faz!

Em caso de real desequilíbrio menstrual devemos fazer uma investigação da causa desse desequilíbrio e nos auxiliarmos com uma boa alimentação, prática de exercício físico, uso de plantas medicinais adequadas, tomar banho de sol, lua, mar.


Então pensando para fins didáticos, observemos essa imagem:

Ciclo
Ilustração de Aly Miller (@aly_illustrations)

A fase folicular no diagrama foi do dia 1 ao dia 14 com 6 dias de menstruação. A ovulação dura apenas alguns momentos mas o óvulo fica disponível nas trompas uterinas por 24 horas para ser fecundado por um espermatozoide.

Durante a menstruação, o hormônio FSH produzido na hipófise localizada no cérebro se comunica com os ovários e estimula a preparação, o crescimento e desenvolvimento dos folículos. Diante dessa movimentação, os ovários também se comunicam com o útero pelo hormônio do estrogênio que começa então a preparar o muco cervical e o endométrio.

Vimos na postagem do Muco cervical que é diferente de corrimento! que há alguns tipos diferentes de muco e eles vão se transformando até ficar no mais perfeito para os espermatozoides conseguirem chegar as trompas uterinas e que o colo do útero pelo toque vaginal vai ficando mais alto, macio e aberto também

Chega um momento que o nível do estrogênio está em seu máximo, é observado que um folículo está mais maduro que os demais e um novo hormônio da hipófise aparece, o LH enviando a mensagem para os ovários de que o óvulo está pronto para ser liberado!

O óvulo liberado é apanhado por uma das tubas uterinas (pode ter a liberação de dois óvulos mas não é comum) e se houver a presença de espermatozoides pode acontecer a fecundação.

utero

Perto da ovulação pode acontecer uma dor! Eu sinto bastante essa dor e falei sobre ela nessa postagem aqui.

O folículo agora vazio presente no ovário passa a ser chamado de corpo lúteo e assim se dá início a segunda fase do ciclo: a fase lútea ou pós ovulatória. A produção de estrogênio cai e dá lugar a progesterona (o hormônio pró gravidez!) para que nenhum folículo mais continue a crescer e ocorra uma ovulação, ou seja, outra liberação de um óvulo

O óvulo então permanece vivo por horas/dias após a sua liberação e se acontecer a fecundação, o embrião formado se move até o útero onde encontrará o endométrio grosso e quentinho para a sua formação e desenvolvimento.

O estrogênio fez o endométrio crescer e agora a progesterona fará com ele fique glandular e cheio de vasos sanguíneos, formando assim, condições ideias para que o embrião se fixe ali.

Caso não tenha acontecido a fecundação, o chamado corpo lúteo começará a se desintegrar. Os níveis do estrogênio caem mais ainda e os da progesterona também. A temperatura cai, o endométrio começa a descamar e assim chega o momento de uma nova menstruação.

Essa segunda fase é fixa! É período que varia de 12 a 16 dias entre as mulheres mas cada uma de nós tem o período fixo! Uma vez que descobrimos o nosso… ah, que beleza! Se soubermos identificar corretamente o dia da ovulação, saberemos exatamente quando iremos menstruar.

E sabe o que mais podemos concluir disso tudo? Não é a menstruação que atrasa ou adianta! É a nossa ovulação!

A menstruação que começamos a marcar no primeiro dia do ciclo é consequência de uma ovulação passada. Incrível, né? Eu só fui descobrir isso quando comecei o estudo do Método de Percepção de Fertilidade pois antes disso era um “menstruação atrasou ou adiantou” pra lá e pra cá.

O que não faz uma informação correta na vida, né? Conhecimento é poder. Autoconhecimento mais poder ainda!

O ciclo menstrual é biologia pura e eu recomendo muito a leitura do livro digital Viva seu ciclo que é uma parceria do blog Lado oculto da Lua e Coletivo Idílio. A Carolina Brandão Zanelli autora do Lado oculto da Lua é bióloga e especialista sobre fertilidade feminina. O blog dela foi a minha primeira porta de entrada para o mundo da Percepção de Fertilidade! e conhecendo sobre muitas das informações que disponibilizei aqui.

O Viva seu ciclo é super didático e já relaciona com os sinais de fertilidade que falei nas postagens passadas. Facilita bastante o entendimento… recomendo muito mesmo.

Próximo texto falarei especificadamente sobre menstruação (sangue menstrual e plantar a lua) e posteriormente sobre emocional em cada fase do ciclo. Respondendo algumas perguntas que eu recebi lá na Vulva Política.

Fiquei a escrita desse texto todo com a música de que somos um ciclo sem começo e sem final haha. Escute aqui, caso tenha interesse! É super bruxônica.

Beijos,

Bia.

Um comentário em “Somos cíclicas: Conheça seu ciclo menstrual

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: