Enxaqueca com aura e Anticoncepcional combinado: Tome cuidado!

Hoje vou contar sobre o motivo que me fez cessar o uso do anticoncepcional: Enxaqueca com aura.

Eu tenho dor de cabeça desde muito pequenina. Meus pais recebiam com frequência ligações para me buscar na escola pois eu relatava estar sentindo muitas dores. Passei por inúmeros médicos. De oftalmos a ortopedistas. Acredite. Fiz inúmeras tomografias com receita do neurologistas até chegar ao diagnóstico de enxaqueca com aura.

Esse tipo de cefaleia tem como característica uma dor unilateral, de um só lado da cabeça que lateja bastante e a intensidade é de média a forte. Quando me perguntavam de 0 a 10 quanto eu estava sentindo a dor eu sempre respondia de 7 para cima.

A dor incapacitava. Foram muitas as vezes que tive que me retirar de espaços porque eu não estava aguentando. Eu precisava deitar em um quarto livre de sons e luzes.

A aura é um sintoma que vem antes ou junto com a dor de cabeça e para mim era assustador e eu demorei para conseguir explicar o que me acontecia Predominantemente afeta a visão com ondas, linhas muito brilhantes que embaçam ou fazem a visão se perder aos poucos. Mas também pode influenciar no tato e na fala. Náuseas e vômitos também são comuns.

Com essa vivência, eu cheguei ao consultório ginecológico após ter tido minha primeira relação sexual. Como a grande maioria de vocês, já me foi entregue a pílula anticoncepcional de forma direta. Eu lembro que eu e minha mãe chegamos a falar sobre a enxaqueca com aura e ouvimos que sim, o anticoncepcional poderia dar uma pioradinha nas minhas dores mas que não seria maior do que ser mãe adolescente.

Voltei para casa com 3 cartelas do Selene. Sem nenhum preservativo. Sem nenhuma orientação sobre Infecções Sexualmente Transmissíveis ou outros métodos para evitar uma gravidez. Mas eu não iria engravidar. Eu não teria mais acne. Era para eu me sentir moderna, linda e feliz.

Minha pele realmente ficou perfeita durante o uso. Eu realmente não engravidei. Mas o que passei tomando anticoncepcional combinado não foi fácil e não é o indicado!

Minhas crises aumentaram. Eu acordava chorando de dor quase todas as noites com o que eu chamava de “câimbra noturna”. Tinha muita dificuldade em me concentrar. Vivia mal-humorada. E com essa cara de menininha tolerei muito o: “Sorria Bia, tão bonequinha com essa cara fechada” enquanto eu estava agonizante com dores.

Comecei a suspeitar do AC apenas em 2014 com o surgimento da página “Vítimas de Anticoncepcional” no Facebook. Foram mais de 3 anos para eu passar a achar estranho algo que me tinha sido vendido como a solução de todos os meus problemas.

Cessei o uso sozinha, sem orientação e 2 dias depois eu já não sentia mais nenhum dos sintomas que faziam parte da minha rotina – Dores de cabeça e as câimbras noturnas.

Comecei a pesquisar e encontrei bons documentos da Organização Mundial da Saúde. O mais significante para mim foi esse chamado: “Planejamento Familiar: Um manual global para profissionais e serviços de saúde” de 2007.

Esse material conta com informações sobre os métodos contraceptivos hormonais, não hormonais e naturais e fornece orientações para as consultas e como auxiliar na escolha do melhor método contraceptivo por meio da verificação dos critérios médicos elegíveis para o uso dos métodos.

E mais: esse manual conta com uma parte para a Identificação de dores de cabeça com enxaquecas e auras. Indicando que qualquer método que contenha estrógeno não deve ser indicado!

E veja só: É expressamente não recomendado o uso de anticoncepcionais combinados (sejam pílulas, injetáveis, adesivos e anéis) mulheres de qualquer idade que tenham enxaqueca com aura pelo altíssimo risco de derrame cerebral.

A pílula anticoncepcional com estrógeno e progestógeno é o tipo mais comum e utilizado por nós mulheres.

Como eu não soube disso na primeira consulta ginecológica? Por que eu não fui orientada?


Isso que é não sentir dor de cabeça?

Eu nem lembrava mais o que era não estar acompanhada de dor de cabeça a todo instante e com a saída do anticoncepcional eu mudei uma série de ações na minha rotina para lidar da melhor forma possível e evitar possíveis crises.

Voltei a praticar exercício físico e a dormir mais e melhor. Beber mais água. Na época já me interessava eticamente pelo vegetarianismo e tornei minha dieta ovolactovegetariana e hoje sou vegana. Reduzi consumo de bebidas alcoólicas. Passei a identificar quais eram os meus gatilhos.

Hoje eu tendo até a esquecer que um dia sofri tanto. Tenho a rotina que gosto de ter e a ansiedade que acredito ter sido um grande combustível para as crises está sendo compreendida ao cuidar do meu emocional.

Parece clichê e talvez seja mas foi e é isso que me salva das crises. Foi ter conseguido informação de qualidade que me retirou de uma qualidade de vida péssima.

Uma coisa que eu quero deixar claro é: Eu não sou contra o uso de hormônios. Eu sou contra a falta de informação correta e acessível. Minha militância é pelo acesso a informação de qualidade e a todos os métodos contraceptivos.

Eu hoje sou uma pessoinha que consegue identificar como o anticoncepcional me fez mal para além ainda da enxaqueca com aura. Eu amo a pessoa que sou sem o uso dos hormônios; amo menstruar; plantar a lua; me sentir conectada.

Mas a eu adolescente não tinha a cabeça que tenho hoje e também não tinha a voz para suspeitar, para bater de frente. Eu deveria ter sido orientada.

Para mim não foi apenas a questão de estar sendo gerida por algo que não é próprio meu. Eu jamais poderia ter tomado anticoncepcional. Não era o método para mim. Me colocou em risco de vida.

Esse texto tem a única função de falar: Duvide. Suspeite. Vá atrás. Busque informação para além do seu médico. Ouça experiências de outras mulheres. Tome cuidado!

Eu não acredito em ciência neutra e é assustador o que eles podem fazer conosco por questões lucrativas e de dominação. Estejamos juntas, atentas e buscando conhecimento sempre.

Beijos,

Bia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: